BLOG

R6: NiP é vice-campeão do Six Invitational 2020 17/02/2020 11h00 | BY Fallen Store

843
Histórica. Apesar da derrota na decisão, esta é a melhor definição para a campanha do Ninjas in Pyjamas no Six Invitational 2020, o Mundial de Rainbow Six, que foi disputado em Montreal, no Canadá. Neste domingo (16), o time brasileiro chegou perto do título, mas foi derrotado pelo Spacestation Gaming, dos Estados Unidos, e ficou com o vice. 

A jornada do time brasileiro na competição começou mal. Na estreia, derrota para o Team SoloMid (TSM) por 2 a 0 e caiu para a Lower.

No primeiro confronto da parte de baixo da tabela, o adversário foi o G2 Esports, que era um dos favoritos ao título e que havia perdeido na estreia para o Fnatic.

Foi aí que começou a arrancada brasileira. O NiP não tomou conhecimento do poderoso G2 e venceu por 2 a 0. Depois disso, a equipe "limpou" toda a Lower, passando por DarkZero, BDS Esports e TSM.

Depois de vencer a revanche contra o TSM, disputada também no domingo, o time brasileiro teve poucas horas para se preparar para a grande final.

Por ter vindo da Lower, o NiP começou a MD5 da decisão já atrás no placar: 1 a 0 para o Spacestation.

Os brasileiros começaram muito bem a final, vencendo os dois primeiros mapas: Mansão e Fronteira. Faltava só mais uma vitória para o inédito título. Na Casa de Campo, um início avassalador do time brasileiro, que abriu 4 a 0 e ficou muito próximo de fechar o confronto, mas o Spacestation reagiu e, em um jogo cheio de emoções, conseguiu virar e empatar a série, forçando o quinto e decisivo mapa. No Banco, os norte-americanos começaram melhores, abriram rounds de vantagem e não erraram mais, fechando a partida em 7 a 3 e conquistando o título mundial.

Com o título, o Spacestation faturou US$ 1 milhão, já o NiP ficou com US$ 450 mil.

Confira toda a tabela:



Foto: NiP/Divulgação

Aviso Sobre Cookies:

Esse site utiliza cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.