BLOG

Na China, esport é oficializado como profissão 17/03/2021 11h45 | BY Equipe Fallen

306
No último mês, na China, tivemos uma surpresa para os amantes dos esportes eletrônicos. O Ministério de Recursos Humanos e Segurança Social da China (CMHRSS) oficializou os esports como profissão. Com isso, a carreira de pro player passa a ser tratada como oficial no país asiático, que é famoso por revelar grandes talentos para o competitivo dos games.

Segundo o ministério chinês, é considerado profissional de esporte eletrônico aquele que participa de eventos de esports, treina com jogadores profissionais ou compete em torneios profissionais. De acordo com dados do órgão governamental, atualmente existem no país mais de 5 mil times com cerca de 100 mil jogadores profissionais ativos. O objetivo principal do país é criar uma definição clara sobre o que é ser um atleta de esport, assim como existe nas demais profissões.

Em 2020, a receita mundial dos esportes eletrônicos chegou a quase US$ 1 bilhão. Esse número é devido a grande quantidade de campeonatos e a alta premiação. O The International de Dota 2, uma das maiores competições de esports do mundo, tem sua décima edição prevista para agosto de 2021 e já acumula uma premiação de mais de US$ 40 milhões.

No Brasil, segundo dados da Newzoo, existem mais de 81 milhões de jogadores, entre profissionais e casuais. Apesar do país ainda não reconhecer os esportes eletrônicos como profissão, o Brasil está entre os maiores consumidores de esports, além de possuir diversos players e times entre os melhores do mundo.

Aviso Sobre Cookies:

Esse site utiliza cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.